quarta-feira, 11 de março de 2009

Um dia simples



Um dia simples. Não gosto de despertar, solitário na imensidão de meu quarto, e perceber que viverei um dia “simples”. E hoje, ao acordar, me senti assim.

Trata-se de um dia chuvoso, solitário, triste e manhoso. A brisa fresca e úmida da chuva da noite passada, e da fina garoa que ainda precipita, praticamente extingue todo aquele calor absurdo que os dias anteriores impuseram. A coloração cinza clara do céu oferece conforto e descanso às vistas, tão agredidas por aquele azul penetrante e o sol brilhante, com sua luz chicoteando entre janelas, vitrines e espelhos, até nos atingir nos olhos.

Fica, portanto, sendo o dia uma folga de tudo o que nos atormenta e irrita. Um dia simples. Sem mais percalços. Sem problemas. Um dia difícil e tedioso de se viver.

3 comentários:

Cáh disse...

'um dia frio, um bom lugar pra ler um livro'

eu, particularmente, adoro dias assim...
que sinto que não vão me assustar!
Se bem que é nestes dias que tomamos sustos.. srsr mas hj está simples e belo!



Beijos

Karla Moreno disse...

Aqui no RJ tá sol..

õ.O

Ah, esses dias são melhores, o calor sufoca, o frio irrita, esse dia transmite calmaria, e quem não gosta de uma folguinha?

Beijos, e uma ótima quarta-feira,
Kakau.

Pucci disse...

Odeio dias assim...

ultimamente todos os meus dias tem sido assim