sexta-feira, 27 de março de 2009

Morar sozinho é fácil


Morar sozinho, não é o problema.

Moro com mais quatro homens em um apartamento gigante, e todos nós sabemos como bagunçar (acredite!). Cada um tem seu quarto, e são grandes, e cuidamos para que ele não pareça um chiqueiro (com exceção de dois). Possuímos muita privacidade, e eu cuido do meu quarto, limpo bem, organizo minhas roupas bem. Tenho até uma gaveta no armário onde guardo mantimentos – é um risco desnecessário a se correr deixa-los na cozinha. A organização nas “áreas comuns” é sempre respeitada. Um deles é quem cuida da faxina, e ele a faz muito bem. Inclusive dos dois banheiros!

Apesar disso, moramos sozinhos. Juntos, porém sozinhos. Cada um no seu quarto, no seu mundo, com seus pertences e computadores. Fios de rede dividem a internet banda larga. Dois jogam, um tecla com seus parentes de outro Estado, eu trabalho e cuido do blog, e um terceiro não tem computador... então vive na sala, assistindo TV... sozinho.

Cruzam-se os olhares pelos corredores até os banheiros, até a cozinha ou até a sala. No almoço, às vezes, come-se junto. Quando existe diversão, como uma sessão de narguilé, ou a conversa sobre bobagens na sacada, observando-se o movimento, também ficamos juntos. Mas isso é esporádico. Cada um tem sua vida, seus dramas, seus problemas.

Eu moro sozinho, muito bem. Cuido do meu quarto, faço minha comida, limpo o espaço que for preciso – inclusive banheiros. Assisto TV, dou risada sozinho, canto, danço, pratico Wu Qin Chi, trabalho em meu computador. Me cuido também... agora, por exemplo, jantei, fiz minha (pouca e rala) barba, passei um creme anti-acne, trabalhei e sinto os efeitos do sono batendo em minha porta. É uma sexta-feira, meus amigos viajando (voltam apenas amanhã), e eu poderia estar desesperado pra sair e beber. Mas não estou.

Eu moro sozinho muito bem. O difícil é viver sozinho...

6 comentários:

Pucci disse...

realmente...

e depois de um tempo, a gente acostuma com a solidão...

obrigada pelo selos xD

Duas Caras disse...

acho que a internet diminui bem a solidão, mas não pode substituir o contato

Da Silva disse...

Bem diferente da imagem arraigada no senso comum de vários homens dividindo um imóvel.

Acho q vcs precisam dar umas festas de tempos em tempos.

Karla Moreno disse...

Se tem uma coisa q eu NÃO imagino é: eu vivendo sozinha. =/

tenho vontade de morar sozinha, pra ter meu espaço, minha bagunça organizada, minhas coisas nos meus respectivos lugares... tudo do MEU jeito, seguindo a MINHA vontade (egocentrismo em alta!). Mas viver sozinha é masoquismo, sinto dor física só de pensar.

beijo querido, e uma linda semana pra ti,
Kakau.

Cáh disse...

Ele mora sozinho, agora é organizado, (rs), ele até faz comidinha (mesmo que rala)...


Não sei se saberia ser sozinha, embora as vezes deseje muito isso!



Beijos

La Corleone disse...

Wu Qin Chi
o//

se o individualismo nos dias atuais é tão latente, imagine como serão a gerações dos filhos e netos...
A silodão hj parece ser subjetivamente objetiva! pois só acompanhado, realmente é só?
é...
pq continua só.

;D